terça-feira, 13 de julho de 2010

O MEU PRIMEIRO BLOGUE

Foto Tó Cortez 
          São 4 horas da manhã. A madrugada começa a dar a mão ao romper do dia 13 de Julho de 2010. 
          Comecei hoje apenas este blogue, que gostaria de ter iniciado à bastante tempo. Mas o engenho e a arte, não me ajudaram a tal. Não nasci na era das tecnologias, por isso tenho alguma inabilidade para me aventurar. Tem sido aos poucos. Hoje quando a minha neta Tânia (a minha Tanicas), veio de propósito para me abrir o blogue, a certa altura disse-me: avó, tens um blogue aberto! Eu sabia que tinha estado a tentar, tentar... mas quando chegava à altura de pôr o nome do blogue, tinha receio de continuar. Já no mês passado tinha pedido ao meu sobrinho Jorge Cortez para me iniciar um blogue. O que ele fez e lhe agradeço. Quando quis dar-lhe continuidade na escrita, escrevi, escrevi, e por fim apenas ficaram as 4 primeiras linhas. 
          Como fui de férias, parei. E ao voltar, o tempo mal chegou para tentar uma vez e outra, e, como parecia que não avançava, parei de vez.Pelos vistos, não tinha guardado a escrita!... Mas ficou o bichinho... vamos a ver se é desta. Se os outros conseguem fazer coisas bem feitas, nós também conseguimos. Trabalho e perseverança. O meu lema é este: Se trabalhar afincadamente, a sorte tende a vir para o meu lado.
          Quando as possibilidades passam ao nosso lado, temos de as saber aproveitar. Por vezes a sorte, a felicidade, estão ao nosso lado sem darmos por isso. Devemos tentar pegar-lhe. Se a deixamos ultrapassar-nos, temos de correr para a apanhar. Mas quando a apanharmos, devemos agradecer.
         Neste blogue (ou blog, como queira dependendo do país onde se encontrar), irei falando dos meus escritos - não só os livros que escrevi, o que publiquei, os que continuo a escrever, a poesia, as crónicas, as mensagens - sempre que tenha tempo. Que é o que mais me falta. Por mais estranho que pareça, ninguém tem tempo de sobra, ele parece correr, fugir.
          Naturalmente que irei deixar aqui registado APENAS tudo o que já foi registado nos lugares devidos, e o que foi publicado há muitos anos em jornais e revistas, ou dos quais recebi prémios. Por que, como a minha profissão actual é ser autora, - e um autor tem de publicar textos seus, inéditos - tudo o que esteja devidamente registado nas entidades competentes, não poderá ser copiado por outrém. Continuará a ser meu. As pessoas podem copiar referindo-se ao autor. O contrário será plagiar.
          Ter um blogue foi uma vitoria. Não nasci no tempo das novas tecnologias, como já disse, mas elas impõem-se no contexto actual. O mundo é cada vez mais competitivo. É bom aprender sempre. Se um dia não quiser aprender, é porque me desinteressei pela vida. É sempre possível fazer mais e melhor. Tenho ainda um longo caminho a percorrer. "Give it a try" "and give me time".
          Sinto-me mais realizada por ter subido este degrau, ainda que receosa e sem me poder ufanar da conquista. Receberei com humildade alguma ajuda, de quem vier por bem. Seja bem-vindo,pois. Antecipadamente bem haja.
          Um abraço especial. Costumo chamar-lhe o abraço dos Cortezes (meu e do meu marido): Ponha o braço esquerdo no ombro direito. Pressione. Ponha agora por cima o braço direito no ombro esquerdo. Pressione. Pressione com força. Mais força ainda. Esse é o calor do nosso abraço.

1 comentário:

sami disse...

Gostei de ler o blog, parabéns e continua.
Não consegui ver o "perfil completo".
Beijos Sami

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...