terça-feira, 27 de agosto de 2013

MORTE DE BOMBEIRO AO SERVIÇO DA PÁTRIA

Faleceu no Hospital de S. João no Porto, o jovem bombeiro do quartel de Bombeiros do Estoril, Bernardo Figueiredo, que não resistiu aos ferimentos sofridos no incêndio de 5ª- feira,  na Serra do Caramulo.
O Bernardo, de 23 anos, pertencia desde os 18 à corporação dos bombeiros, tinha formação acima da média, no combate aos incêndios.
Era do mesmo grupo da jovem Ana Rita Pereira - a bombeira de Alcabideche que faleceu no combate aos incêndios no Caramulo.
Até este momento eleva-se a 186 bombeiros feridos nos fogos.
Segundo o comandante dos bombeiros do Estoril, Sr. Carlos Lopes, estes casos a lamentar devem-se ao comportamento do fogo, derivado dos ventos com mudanças bruscas.
A função do bombeiro é de alto risco, extremamente arriscada, refere o comandante. 
É um momento dramático para os bombeiros portugueses.
Que continuem fortes nos seus valores de humanismo e solidariedade.
O nosso apreço e voto de louvor  aos bombeiros de Portugal
pela sua dedicação e espírito de sacrifício.  

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...