segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

CARNAVAL - HISTÓRIA DO PIERROT, COLOMBINA, ARLEQUIM (Vale a pena ler)



copiado do youtube.

As Máscarasm este poema de 

Menotti Del Picchia, refere o amor de Colombina. 

O teu beijo é tão doce, Arlequim...
O teu sonho é tão manso, Pierrô...

Pudesse eu repartir-me
encontrar minha calma
dando a Arlequim meu corpo...
e a Pierrô, minha alma!

Quando tenho Arlequim,
quero Pierrô tristonho,
pois um dá-me prazer,
o outro dá-me o sonho!

Nessa duplicidade o amor todo se encerra:
Um me fala do céu...outro fala da terra!

Eu amo, porque amar é variar
e , em verdade, toda razão do amor
está na variedade...

Penso que morreria o desejo da gente
se Arlequim e Pierrô fossem um ser somente.

Porque a história do amor
só pode se escrever assim:
Um sonho de Pierrô
E um beijo de Arlequim!

2 comentários:

Amélia Luz disse...

Linda história de amor, um triângulo amoroso. E a música é BANDEIRA BRANCA na voz da cantora Dalva de Oliveira.

Celeste Cortez disse...


Obrigada amiga por me elucidar sobre a música. Dalva de Oliveira foi uma belíssima cantora. Bj e obrigada por comentar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...