domingo, 31 de julho de 2016

HOMENAGEM PÓSTUMA AO PROFESSOR DR. MÁRIO MONIZ PEREIRA (12-2-1921 - 31-07-2016)

FALECEU HOJE, 31-07-2016 O PROFESSOR DR. MÁRIO MONIZ PEREIRA

O FADO PORTUGUêS está de luto. Faleceu um dos seus melhores compositores de letra e música. Ao fundo deste artigo, letra de um dos fados. Também está de luto o nosso ATLETISMO e o SPORTING CLUB DE PORTUGAL.

Sócio nº.2 do SPORTING CLUB DE PORTUGAL, dirigente até 2011 - O "SENHOR ATLETISMO", que treinou CARLOS LOPES que trouxe para Portugal OURO
OLÍMPICO na maratona em Los Angeles. O Professor Moniz Pereira lançou alguns dos nomes mais marcantes do atletismo nacional, como FERNANDO MAMEDE e irmãos CASTRO. O Professor formado em desporto pela Faculdade de Motricidade Humana, foi também um homem da cultura portuguesa. Publicou livros sobre desporto, escreveu letra (poesia) e fez música para 120 fados, (registado na S.P.A.) escrevendo-a ao piano sem saber, dizia ele, um nota musical compondo apenas de ouvido, diz-nos um artigo escrito pelo jornalista Nuno..., que com a devida vénia retirei do blogue de VITOR MARCENEIRO, neto do saudoso fadista ALFREDO MARCENEIRO.
Diz ainda o referido artigo que qualquer esboço biográfico do Professor MONIZ
PEREIRA, terá de referir em paralelo a carreira desportiva - quer como atleta, quer como treinador e homem empenhado no desenvolvimento do desporto nacional e a carreira na música. O Professor Moniz Pereira participou em dezenas de competições internacionais, entre elas DOZE JOGOS OLÍMPICOS. O referido artigo refere que o professor MONIZ PEREIRA foi galardoado, como COMPOSITOR/AUTOR, na III Gala do Prémio AMÁLIA, em 2008. Foi por outras vezes homenageado.
O FADO "VALEU A PENA" escrito em 1964, tem, segundo dissera o professor, 23 versões e foi interpretado por 18 artistas, entre eles o espanhol DIEGO ROMERO e a Brasileira ROBERTA MIRANDA.
Em artigo publicado pelo Professor Catedrático da Faculdade de Motricidade Humana,
Manuel Sérgio, disse de Mário Moniz Pereira: ... " a sua poesia, a sua música, os seus fados encontrava uma alma enamorada de tudo o que era belo e bom e poético; contemplava um homem que não continha as lágrimas, sempre que uma conversa ou uma melodia o arrebatavam; percebia por que é preciso ser, como dizia o José Mourinho, um homem diferente, para ser um treinador diferente. No caso de Mário Moniz Pereira, ele ensinava também que não se pode entender o desporto sem o amar e que o amor é a armadura psicológica e moral de todas as vitórias. Digamos mesmo, sem medo de errar: o
amor é o coração da própria vida!"

QUE DESCANSE EM PAZ.

Leio em teus olhos (Fado)
Letra e música do Professor Moniz Pereira 11-2-1921/ 31-7-2016
em sua homenagem no dia do seu falecimento

Leio em teus olhos
que o nosso amor
está cansado
leio em teus olhos
recordações do passado

leio em teus olhos
que já não sou nesta hora
o que fui para ti outrora
leio em teus olhos

O amor de alguém
é inconstante
logo que ele vem
vai num instante
vê lá se o teu
não está já muito diferente
continua igual ao meu
como ele era antigamente

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...