quinta-feira, 28 de maio de 2015

INAUGURAÇÃO DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DE CARREGAL DO SAL

Imagem 013.jpg
Notícia do "Farol da nossa terra", por Lino Dias
“Hoje é dia de alegria, contentamento, acontecimento feliz, festa”, disse Celeste Cortez, mentora da criação da Universidade Sénior de Carregal do Sal – Associação Cultural (USCSAL), na cerimónia de inauguração deste estabelecimento de ensino não formal, realizada sexta-feira passada, 16 de Março, à tarde, no salão nobre dos Paçosdo Concelho de Carregal do Sal.
De facto, foi uma afirmação condizente com o ambiente que envolveu aquele acontecimento, vivido pelos primeiros alunos e professores da USCSAL, individualidades e convidados, num total de 40 presenças, entre as quais se contavam o presidente da Câmara Municipal, Atílio Nunes, o seu vice-presidente, Luís Fidalgo, o presidente da Assembleia Municipal, Jorge Saraiva, e o director do Agrupamento de Escolas, Hermínio Marques, constituindo estes a mesa de honra juntamente com Celeste Cortez.
Entre o público, também a vereadora Joana Lopes, o pároco José Fernando Silva e os presidentes das Juntas de Freguesia de Currelos, António Pinto, e de Oliveira do Conde, Acácio Bastos, testemunharam aquele momento de significativa importância para a valorização de saberes, o enriquecimento social e a melhoria da qualidade de vida dos seniores carregalenses, neste caso para os que querem continuar a aprender e a fortalecer-se culturalmente.
Na sua entusiasmante intervenção, Celeste Cortez fez notar que, ao residir em Cascais, maior prova de amor à sua terra não poderia ter dado do que ser mentora e integrar a comissão instaladora desta universidade sénior em Carregal do Sal. “Não há medida para a alegria que nos toca neste momento”, afirmou, dirigindo então “uma palavra sentida e de profundo agradecimento” a todos os que ajudaram a comissão e possibilitaram começar e seguir em frente com este projecto. Nesse agradecimento, destacou a Câmara Municipal, nas pessoas do presidente e do vice-presidente, este na qualidade de vereador da Cultura e da Educação, escusando-se de enumerar “tantos outros” com receio de qualquer esquecimento. Fez ainda referência a todos os que responderam ao apelo da comissão, citando, entre outros, a Fundação Lapa do Lobo, as Juntas de Freguesia, as empresas do concelho, os párocos, os órgãos de comunicação social locais, os professores e os alunos inscritos e os que virão a inscrever-se.
Ao terminar, Celeste Cortez transmitiu aos presentes “dois abraços calorosos” de que foi portadora, um da Universidade da Terceira Idade de Sintra (ACTIS), da qual faz parte, e outro da Academia de Artes e Letras (ALA), do Estoril, que, segundo disse, deseja fazer um protocolo de amizade com a USCSAL. A esses abraços juntou a oferta da colaboração possível daquelas instituições e desejos das maiores felicidades.
O enaltecimento deste projecto e a importância das universidades seniores estiveram na base da intervenção que Luís Fidalgo, na qualidade de vereador da Cultura, teve seguidamente. Descreveu um historial da criação destas universidades, salientou os seus benefícios e desejou sucesso e felicidades à USCSAL. Por fim, convidou Celeste Cortez a praxar os alunos e professores já existentes, o que foi feito através do toque na cabeça de cada um com um exemplar do livro “Carregalíadas”, da autoria de Hermínio Cunha Marques, editado pela Câmara Municipal, de que a mesma ali fez oferta.
Tal como sucedera na abertura da cerimónia, coube a Atílio Nunes, na qualidade de presidente do Município, proceder ao seu encerramento, altura em que fez oferta de uma placa da autarquia a Celeste Cortez, expressando o “grande prazer” de ter presidido a cerimónia de inauguração desta universidade e realçando que se tratou de um acontecimento que ficará para a história do concelho.
Depois da cerimónia, seguiu-se um lanche de confraternização, que incluiu a partilha de um bolo comemorativo da inauguração da USCSAL e brindes com champanhe, o que reforçou o ambiente festivo de tão importante acontecimento, começando já a fazer-se notar o fortalecimento de vínculos afectivos que estão associados à troca de saberes e ao renascer intelectual que a USCSAL pretende propiciar.
Dirigida a pessoas com idade igual ou superior a 50 anos, a USCSAL surge de um projecto lançado por uma comissão instaladora, da qual fazem parte, além de Celeste Cortez, Hermínia Fontes, Rosa Macedo, Inácio Lourenço e José Figueiredo. Vai funcionar nas instalações onde antes esteve o posto de atendimento ao cidadão (PAC), mas havendo o desejo de vir a instalar-se definitivamente no edifício da Escola Conde de Ferreira, assim que ficar desocupado com a entrada em funcionamento do novo Centro Educativo.
Até à Páscoa,  funciona de segunda a sexta-feira, com as disciplinas de Português, Francês, Inglês, História, Trabalhos Manuais, Direitos e Deveres do Munícipe, Comunicação Social, Informática, Saúde e Economia Doméstica, em horários diferenciados, prevendo-se maior oferta de disciplinas depois das férias da Páscoa. Além das aulas, serão desenvolvidas actividades recreativas e culturais, como visitas de estudo, passeios, palestras, exposições e espectáculos.
Lino Dias


Deixe um Comentário


1 comentário:

save one disse...

'Thats a good' article, i usually amazed with' this thing, i asked myself about this opinion, I wish You'll a better articles that can make another people impressive..don't make the article feel rigit and isn't interesting and poor, i like to read this' article and i think this is "good".thank you' m'y brother.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...