terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Sê... Pablo Neruda


SÊ... 

de 

Pablo Neruda 
Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato
.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,

Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.

                                                       - O -              - O -


Grande lição nos dá este poema de Pablo Neruda, levando-nos a pensar que devemos fazer sempre o melhor que pudermos dentro daquilo que somos capazes. Não tentemos imitar ninguém se não estamos à altura de o fazermos. Sejamos nós próprios, limando defeitos, corrigindo arestas, lendo, estudando para aperfeiçoamento. 

PABLO NERUDA, nome literário (pen name) de NEFLATI RICARDO REYES BASOALTO (1904-1973). O nome Pablo Neruda, é parecido com o do poeta Checo Jan Neruda. PABLO NERUDA foi Nobel da Literatua em 1971. Foi um poeta do género romantico.   

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...