sábado, 19 de janeiro de 2013

Indecisões na escrita, são tantas, tantas!

AS INDECISÕES DE QUEM ESCREVE, OU AS MINHAS INDECISÕES NA ESCRITA?

Este romance não me sai das mãos! É certo que o meu tempo também é pouco, há outros problemas na vida, coisas a fazer! São as minhas desculpas. Voltando às indecisões na escrita:  Leio um capítulo do livro e sinto-me feliz. Logo a seguir penso: mas será que isto não devia ser escrito no discurso indirecto, afinal a heroína está a contar a sua vida passada… Emendo. Volto a ler: mas não estaria melhor quando ela contava isto no presente? E isto repete-se em todos os capítulos. Depois pergunto-me mais uma vez: será que não escrevi demais sobre a vida dos personagens e se torna cansativo? O final não foi acabado demasiado de repente? Não estarão repetidos demasiadas vezes os nomes dos personagens principais? 
Têm sido tantas, tantas, tantas as interrogações, as indecisões, até as modificações, que já nem sei o que fazer. E parece-me que isto fez com que me desinteressasse, mas, mesmo assim, habituei-me a passar noites no computador por causa da escrita e agora continuo a perder as noites no computador, a ler emails e a responder a emails de pessoas que conheci virtualmente por causa da minha escrita,  pessoas que elogiam a minha escrita e que também me contam as suas vidas (às vezes penso – e algumas têm-me dito - que me contam para eu escrever as suas histórias. Apesar de serem dramáticas, (pensamos num romance como uma história mais dramática do que cómica, não é?)  nunca me tentei, ou não saberia fazê-lo. Nunca me debrucei sobre isso. São pessoas que precisam de alguém que as ouça e eu continuo a ouvi-las… e a deixar de acabar o romance. É por uma boa causa. Continuem a contactar-me, estarei sempre disponível. E quanto à escrita? Ficará para um dia destes.

2 comentários:

José Marcos Serra disse...

Ai, como compreendo todas essas angústias e incertezas!...
De positivo, podemos deduzir que somos gente que, por instinto, busca aproximar-se da perfeição.
Há que persistir!

Otilia Jorge disse...

o mais importante é acreditar naquilo que fazemos,as incertezas estão presentes em tudo na vida.........

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...