quarta-feira, 14 de novembro de 2012

PINTURA EM PORCELANA - III

PINTURA EM PORCELANA (3ª. conversa sobre pintura em porcelana com os/as  visitantes deste blogue. 


          Houve uma época em que eu e meu marido nos dedicámos a pintar porcelana. Tirámos um cursinho que muito nos agradou. 
        No caso do prato de Natal da foto acima: Numa viagem de recreio, comprámos o prato branco, em louça de porcelana, na própria fábrica, perto de Alcobaça, em Portugal, assim como comprámos outros pratos, terrinas, travessas, etc. Por vezes os hipermercados também têm alguma louça de porcelana que serve para pintar. Comprámos alguns no Jumbo, passe a publicidade. Não encontrando dirija-se a lojinhas da especialidade. 
          Como fazer? - Passa-se o desenho para o prato, com químico bem claro, normalmente amarelo.
          O efeito do prato da fotografia, foi adquirido com desenhos diferentes. Poderia desenhar-se a flor Estrela de Natal a toda a volta do prato. Mas decidimos aplicar mais do que um desenho. Tirámos de uma revista que tinha estes sinos e de outra que tinha o laço. Juntámos ainda um terceiro desenho dos lados esquerdo e direito do laço e aproveitámos o mesmo desenho para aplicar no fundo dos sinos, como se se tratasse de um ramo de natal, de azevinho.
Em papel vegetal (transparente), vá passando os desenhos a seu gosto. Só depois passa para o prato de porcelana, que deve ser escrupulosamente limpo com álcool. Usa-se papel químico amarelo entre o desenho e o prato. Contornam-se os desenhos com um lápis bem afiado. Só se pinta depois do desenho totalmente passado. . 
            O desenho foi-se armando num papel vegetal. Só depois de concluído se passou para o prato. Por vezes é preciso alargar os desenhos, ou fazê-los mais pequenos, consoante a medida do prato. Para isso pode ir a uma papelaria ou a um centro de cópias onde tenham uma máquina grande para fotocopiar. 
          Depois de passado o desenho para o prato, vai-se canetando (com caneta própria para canetados e tinta própria para porcelana, na cor desejada). As tintas são vendidas em lojinhas da especialidade. ´Vai a queimar à mufla (forno próprio para porcelana, para barro e azulejos etc.) 
          Só depois de "queimado" o contorno do desenho, é que se vai pintando, com as cores escolhidas. Caso contrário a tinta iria saindo agarrando-se às nossas mãos. 
        Volta à mufla (forno) para cozer novamente as cores aplicadas. O OURO à volta do prato ou em contornos de flores - se for o caso - será sempre o último a ir ao forno. Pode aplicar-se o ouro quando se finalizarem as cores, tentando não esborratar estas  e vai à mufla para queimar cores e ouro ao mesmo tempo. 
          Como fazer o rebordo do prato? Uma das formas mais fáceis que encontrei: Coloquei um pouquinho da bisnaga de ouro no meu dedo e fui ali rodando o prato.       
          Se gosta de pintar, ainda vai a tempo de o pintar para colocar o seu bolo de Natal. Boa sorte.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...