quinta-feira, 17 de maio de 2012

POR TIMOR COM AMOR


Escritos antes da libertação de TIMOR,
após o massacre de Santa Cruz (1999)
DE: Celeste Cortez 


Já foi tudo dito,
falado, escrito,
acerca de ti Timor

velas arderam,
vestidos de branco
marchas silenciosas
minutos de silêncio
para te demonstrar amor

Valeu a pena não calar
As palavras saídas
dos nossos corações,
Correram mundo,
moveram montanhas,
As nossas sentidas emoções,
Foram sinceras, sofridas
Estas palavras de amor
Saídas do coração
Deste povo irmão
Que também foi pecador.
Pareceu-me nada mais haver
para dizer
Timor, acerca de ti,
Mas não podia deixar de dizer-te:
Eu penso em ti, eu estou aqui

Ambulâncias seguiram,
Aviões subiram,
Comida desceu ao chão
Para ajudar a alimentar
teu povo,Nosso irmão.

Em tempos
comparei as tuas gentes,
Vitimas inocentes,
A pássaros de asas cortadas
Que não poderiam mais voar.
Hoje, com esperança,
vejo que as asas se estão curando
E tu vais poder continuar a lutar
Agora a luta é para uma vida melhor:
Os velhos bem alimentados
Terão mais vigor,
As crianças crescerão saudáveis
Irão à escola para aprender
Que neste mundo ingrato
É preciso saber lutar
Dignamente para viver

Admiro o teu povo sofredor
E estou certa
Que não morreram em vão
Nas montanhas de Timor

Morreram sem razão
Baleados,
Assassinados,
Queimados,
Por te terem tanto amor
  Conta comigo – conta connosco
  Até sempre, irmão Timor.

Celeste A.de C.Cortez S.


































Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...