domingo, 12 de fevereiro de 2012


Casa das Fidalgas de Alvarelhos, na povoação, no Largo do Povo
 MONUMENTOS 

a casa das fidalgas de Alvarelhos, concelho de Carregal do Sal.

No tempo em que meu pai era jovem, seu pai, meu avô José de Campos Silva, foi conselheiro das senhoras fidalgas (não era feitor, não trabalhava lá).

Meu pai, que cedo começou a ensaiar teatros e ranchos etnográficos, ali ensaiou alguns. Recordo-me, quando eu não tinha mais de 5 anos, levar a bandeira do rancho (mas ia uma pessoa adulta a ajudar-me, era só para ser bonito.
Este meu avó paterno foi regedor. Talvez por ele ocupar um cargo que na época era respeitado, fui, já  mais crescida, e embora vivendo com minha avó materna numa povoação próxima, de nome Pinheiro (Pinheiro freguesia de Papízios),  convidada para levar a bandeja de prata com uma tesoura, quando em Alvarelhos esteve o Senhor Presidente da Câmara para a inauguração da Escola de Alvarelhos, onde meu irmão Nelson iria nesse ano ter aulas.  

Nesta pequena aldeia do concelho de Carregal do Sal é realizada a tradicional e centenária Queima da Comadre e do Compadre, na sexta-feira antes do Carnaval, pela ARCA (Associação Recreativa e Cultural de Alvarelhos).



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...