segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Homenagem - a minha - a JOÃO SILVA


 JOÃO SILVA, fotojornalista luso-sulafricano, andou durante dez anos no Afeganistão a filmar cenas de guerra, sempre na frente de combate.
Num acidente, perdeu as duas pernas, depois de ter pisado uma mina. 
Na altura continuou a fotografar.

O João trabalhava por conta do jornal New York Times, é casado, tem filho (ou filhos).
Foi agraciado por Barak Obama no ano 2011.

João Silva reuniu toda a sua obra e fez uma exposição no Centro Português de Fotografia, no Porto, que foi inaugurada no dia 7 do corrente mês de Janeiro.

João Silva é um homem cheio de coragem e tenacidade, sorrindo, levando a sua vida em frente.
Acabámos de o ver e ouvir numa entrevista à R.T.P., depois do telejornal de hoje, 2ª. feira, dia 30 de Janeiro de 2012.

Um homem, ao contrário do que muitos julgam não é apenas um produto dos seus próprios méritos. Não basta para o formar um conjunto de qualidades, é também preciso um conjunto de circunstâncias. As circunstâncias neste caso não foram favoráveis ao João Silva, mas ele tentou e tenta ultrapassar os problemas todos os dias. Parabéns João Silva. Deus o acompanhe sempre.  




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...