sábado, 3 de setembro de 2011

BATUQUES - MÃE PRETA

Agora que eu já falava melhor português............expliquei à senhora grande e à senhora pequena o que era um batuque:
..."Rompem o silêncio da noite, com os seus sons especiais, ritmados, mesmo sem ensaios prévios, sem professores. Por vezes ao longe ouvem-se os rugidos das feras. Prestando-se atenção, ouvem-se mais perto as cigarras com os seus …
- Cantares, disse ansiosa a senhora grande.
-Com os seus estridentes fretenidos, corrigiu a senhora pequena, com a sua sabedoria de professora. E se houver lânguas por perto, ouve-se o coaxar das rãs, não é Lina?
É isso mesmo senhora! Se estivermos acordados, ouvem-se sempre  as rãs.
No batuque...

Extraído do romance MÃE PRETA, a sair no corrente mês de Setembro. Venda direta para todo o mundo.
Peça através do email: celeste.cortez@hotmail.com 
ou contacte-me no facebook: Celeste Cortez (imagem de fotos sobrepostas).  

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...